Follow by Email

terça-feira, 26 de outubro de 2010

MEU QUERIDO IRMÃO, BEBETO DO CAVACO: UM MÚSICO DE VALENÇA

BEBETO DO CAVACO COM O VIOLONISTA PAULINHO LIMA-CARNAVAL 2010


BEBETO NA IGREJA DE N.SRA DA GLÓRIA EM VALENÇA/RJ

BEBETO DE CONTRA-BAIXO NA ABERTURA DO CARNAVAL DE VALENÇA - 2010
NA RÁDIO CULTURA AM DE VALENÇA, ACOMPANHANDO UM SERESTEIRO NO
PROGRAMA "BATE PAPO NA CULTURA" 2009


                  



    Ele tinha apenas uns onze para doze anos, quando desejou, muito, aquele cavaquinho, que estava para ser leiloado na festa da nossa Padroeira.A sensibilidade do pai e da mãe fez chegar o instrumento às suas mãos, com o qual ele,de improviso, tocou a música "A Cerejeira”.                             
Assim, nasceu o músico valenciano, Carlos Roberto Macedo da Rocha,o “Bebeto do cavaco,do violão,do contra-baixo e do teclado”.
O economista,apesar de  não se ter tornado um profissional da área musical, é o nosso  instrumentista canhoto, merecedor de destaque nesta edição, por todos os momentos em que contribuiu e contribui com a cultura musical de nossa cidade.
Bebeto teve a oportunidade de tocar, várias vezes, com Rosinha de Valença e foi escolhido por ela para ser o acompanhante de Clementina de Jesus,na década de 70,quando a cantora fez um show em nossa cidade.
Participou, como instrumentista,de várias apresentações,incluindo os grandes festivais da canção, realizados pela Faculdade de Medicina de Valença e, durante alguns anos, tocou violão e teclado em algumas Igrejas católicas da cidade.
Nos anos setenta,foi baixista de dois conjuntos: “José Luiz e Seu Órgão Moderno” e “Os Rolas”.Atualmente,é integrante do ”Rancho Carnavalesco Progresso”, como baixista, e do “Grupo de Samba de Raiz  Pelo Telefone”, como cavaquinista.
É pai do músico, flautista e maestro, Antonio Rocha, o que concretiza a teoria de que “filho de peixe,peixinho é.”Pai e filho, já tocaram e tocam muito “Chorinho” por ai.
Salve, “Bebeto do Cavaco”, o  canhoto que veio para provar como é bom tocar direito um instrumento!!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário