Follow by Email

domingo, 17 de abril de 2011

PROJETO VALE DOS TAMBORES

> Projeto Vale dos Tambores - Arte, Cultura e História de Valença entram na escola e promovem revolução no ensino Fundamental
> A obra de Rosinha de Valença, Clementina de Jesus, Dulcina de Moraes, Agnello França, entre outros expoentes valencianos é resgatada e inserida como importante instrumento de ensino.  A Prefeitura Municipal de Valença, através da Secretaria de Educação e o Colégio João Batista Gomes do distrito de Santa Isabel, convida para a apresentação do “Projeto Vale dos Tambores Na Região do Ciclo do Café”, no próximo dia 28 (quinta), no Salão Paroquial daquele distrito, a partir das 17 horas.
> O objetivo do Projeto é alcançar uma educação de qualidade focando no fortalecimento da autoestima das crianças, a partir do conhecimento de espaço onde vivem. Como resultado, a formação de cidadãos mais conscientes e estruturados, para que passem a atuar como agentes modificadores da realidade de seu bairro, de sua comunidade, de seu Município.
> O Projeto promove uma revolução no Ensino Fundamental inserindo no contexto da escola o resgate das raízes da cultura e das artes do Município, bem como de sua rica história, que envolve a civilização indígena, o ciclo do café e a industrialização. Além de trazer para dentro dos muros escolares a vida e a obra de Rosinha de Valença, Clementina de Jesus, Dulcina de Moraes, maestro Agnello França, entre outros gênios que levaram o nome de Valença além de suas fronteiras territoriais.
> Segundo a Secretária de Educação e autora do Projeto, Dilma Dantas, a base do projeto é a educação integral, no sentido de potencializar competências através de um viver comunitário. - Existe um provérbio africano que diz ser preciso toda uma aldeia para se educar uma criança. Mude-se a “aldeia” por “comunidade” e começaremos a perceber o quanto é importante contar com ela na educação de nossas crianças Aprende-se na comunidade e só na comunidade se pode educar. Explica a Secretária.
> Ela acrescenta ainda que, na sociedade do conhecimento é preciso que esse conhecimento tenha significado para a criança. Para tanto, entram em cena novos profissionais, como agente cultural, agente ambiental, instrutor de turismo e patrimônio, instrutor de informática, professor para reforço escolar, entre outros, que utilizarão a escola como cenário para uma educação integral e mais antenada com a comunidade.  Explica a Secretária.
> Além da equipe pedagógica da Secretaria, o Projeto conta também com a coordenação da professora, pedagoga e arte educadora Sônia Maria Reis, do Rio de Janeiro, que estará semanalmente em Valença para promover a qualificação desses profissionais. Esse projetotambém integra o programa de formação continuada dos  professores da Rede, , uma das prioridades da atual administração.
> Para professora Sônia Reis, educar é conseguir que a criança ultrapasse as fronteiras, que tantas vezes lhe foram traçadas como destino pelo nascimento, pela família ou pela sociedade. E, nesse sentido, é na sala de aula que o mundo deve se expandir.
> - A educação só acontece no coletivo social. As crianças precisam conhecer o espaço onde vivem. A cultura local, modo de vida, arquitetura e etc. Hoje a realidade da escola nos obriga a ir além da escola. Comunicar-se com o público tornou-se uma necessidade.
>  > Assessoria de Comunicacação > (24) 24525075

Nenhum comentário:

Postar um comentário